Aldo Della Rosa e Paulo Fernandes Tigre


Aldo Della Rosa e Paulo Fernandes Tigre, Presidente da FIERGS

O industrial Paulo Tigre foi reeleito na presidência da Federação e do Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS/CIERGS) para o período 2008/2011. As eleições, em chapas únicas, ocorreram terça-feira (27), na sede das entidades. “Quero retribuir com trabalho e dedicação a confiança depositada na atual gestão. Com o apoio de todos iremos enfrentar os desafios que vêm pela frente. Contamos com os sindicatos, as associações, os centros e as câmaras de indústria e comércio”, afirmou Tigre, destacando que esse é o espírito associativista que há na iniciativa privada. A assembléia eleitoral do CIERGS teve a participação de 150 industriais,

Já a eleição para a diretoria da FIERGS contou com 91 votantes dos 107 sindicatos filiados. A cerimônia de posse ocorrerá no dia 24 de julho, prevendo uma reunião em Porto Alegre da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

A nova diretoria da FIERGS terá como integrantes os vice-presidentes: Astor Milton Schmitt, Carlos Alexandre Geyer, Gilberto Porcello Petry, Heitor José Muller, Humberto César Busnello, José Antonio Fernandes Martins; diretores: Alexandre Bittencourt De Carli, Arildo Bennech Oliveira, Aristides Inácio Vogt, Ayrton Luiz Giovannini, Carlos Alberto Aita, Carlos Evandro Alves da Silva, Dirceu Gilmar Pezzin, Élio Jorge Coradini, Enio Guido Raupp, Francisco Valmor Marques de Ávila, Geraldo Pinto Rodrigues da Fonseca, Gilberto Ribeiro, Gilda Eluiza de Roos Rossi, Heitor Vanderlei Linden, Henrique Vontobel, Iro Schünke, Jandir Antonio Cantele, Jorge Luis Vargas Cardoso, José Alfredo Laborda Knorr, Juan Roberto Germano, Mário Luís Renner, Maristela Cusin Longhi, Mario Luiz Fernandes Medeiros, Mathias Elter, Murilo Lima Trindade, Nelson Brochmann, Nilvo Valdir Fritsch, Orlando Antônio Marin, Oscar de Azevedo, Raul Heller, Roberto Rene Machemer, Rodrigo Décimo, Serafim Gabriel Quissini, Thômaz Nunnenkamp, Torquato Ribeiro Pontes Netto, Torvaldo Antonio Marzolla Filho, Valdir Agostinho Bedin, Walter Rudi Christmann; e conselho fiscal: Claudino João José Simon, Joni Alberto Matte, Nelson Jawetz, Cristiane Passarin, José Cesa Neto e Orlando Sebastião Klein.

Já no CIERGS, a diretoria será composta pelos vice-presidentes Ademar De Gasperi, Bolivar Baldisserotto Moura, Claudio Affonso Amoretti Bier, Enio Lucio Schein, Oscar Alberto Raabe, Ricardo Menna Barreto Felizzola; vice-presidentes regionais: Antônio Roso, Bruno Artur Fockink, Carlos Bertuol, César Rangel Codorniz, Egon Édio Hoerlle, Emerson Vontobel, Flavio Haas, Luiz Augusto Fuhrmann Schneider, Pedro Antônio Garcia Leivas Leite, Valdir Turra Carpenedo, diretores: Aderbal Fernandes Lima, Alfredo Lisboa Ribeiro Tellechea, André Loiferman, André Meyer da Silva, Alexandrino de Salles Ramos de Alencar, André Vanoni de Godoy, Arlindo Paludo, Carlos Batista da Silva, Carlos Roberto Pires Porto, Carlos Weinschenck de Faria, Cezar Luiz Muller, Fernando José Ruschel Justo, Fernando Luiz Mendes Pinheiro, Gilberto Zago, Hugo Scipião Ferreira Júnior, Irineu Boff, Jorge Luiz Buneder, José Luciano Duarte Penido, José Luiz Bozzetto, Luiz Eduardo Franco de Abreu, Luiz Francisco Gerbase, Luiz Moan Yabiku Júnior, Marco Aurélio Vieira Paradeda, Marcos Odorico Oderich, Marcus Coester, Oswaldo Sergio Ferreira Beck, Renato Borgmann Severo de Miranda, Renato Gasparetto Junior, Ricardo Lins Portella Nunes, Rogério Joaquim Tondo, Vittorio Antonio da Silva Ardizzone, Walter Lídio Nunes, Zenon Leite Neto; e conselho fiscal: Frederico Martin Gunnar Dürr, Jairo Alberto Zandoná, Renato Kunst, Caetano Rosito Neto, Clovis Furlanetto e Luiz Felipe Schiavon.

Você também poderá gostar...