Como ser um profissional inovador em seis passos

somos-inovadores-inovação-we-are-innovative-innovation-industria-cni-fiesp-firjan-fiergs-criatividade-brasil-brazil-sao-paulo-porto-alegre-bravence-aldo-della-rosa-33

Especialista explica o conceito e dá orientações sobre como inovar, característica muito valorizada pelas empresas.

Uma pesquisa recente da consultoria PwC apontou que 64% dos presidentes de empresas consideram a capacidade de inovar mais importante do que a eficiência operacional dos funcionários.

Mas, afinal, o que é inovar?

Segundo o especialista em gestão André Galassi, inovar é estar constantemente atualizado com as transformações do seu ramo de atuação e antecipar tendências. É encontrar soluções que trazem mais benefícios para pequenos ou grandes problemas ou mesmo buscar uma maneira nova de resolver um mesmo problema, otimizando o resultado e agregando valores.

Ele explica que, ao contrário do que muitos acreditam, inovar não significa, necessariamente, reinventar alguma coisa, mas sim quebrar padrões e resolver problemas ou mesmo se antecipar a eles.

André ressalta que o processo de inovação não é algo sem método. Ao contrário, ele pode e deve seguir etapas:

— Para inovar, em primeiro lugar é preciso entender quais são os obstáculos que sua empresa tem que superar para atingir os mercados que deseja. O próximo passo é conhecer as tecnologias necessárias para a implementação do processo, trazê-las para a empresa e entender como aplicá-las. Com a tecnologia aplicada, é hora de avaliar os resultados que a inovação trouxe para a organização e, a partir dos dados obtidos, entender como prosseguir no processo de inovação.

Para quem deseja se destacar na carreira e nos negócios, o especialista aponta os seis passos necessários para se tornar um profissional inovador. Confira!

1. Arrisque

Toda inovação traz em si um pouco de incerteza, mas é preciso ser otimista e arriscar para que o processo de inovar se realize. O profissional inovador sabe que é necessário enxergar o copo meio cheio ao invés de meio vazio para intuir novos caminhos e buscar soluções para os problemas.

2. Motive-se

A automotivação é fundamental tanto para você quanto para sua equipe. Mudanças exigem quebra de paradigmas e normalmente geram desconfiança, porque sair da zona de conforto é difícil para muita gente. Quando você se mantém motivado, contagia aos demais e isso retorna para todos em forma de resultados.

3. Comprometa-se

Mudanças exigem persistência e resiliência. Para inovar é preciso manter o foco e a responsabilidade na criação do novo processo, com comprometimento e muita disciplina.

4. Olhe o todo

Para inovar em qualquer tipo de processo, é preciso olhar para o cenário completo em que ele se insere. Somente com uma visão global da área de atuação é possível avaliar o que pode ser melhorado ou transformado.

5. Seja seguro

Para inovar em uma empresa é preciso convencer os demais envolvidos dos benefícios que o processo trará. Para isso, é fundamental estar seguro quanto a importância do que se propõe e passar segurança ao falar sobre o assunto. O caminho mais simples para adquirir esta confiança é estudar muito sobre o tema e suas variáveis.

6. Compartilhe

Para ganhar a validação necessária para que sua ideia seja executada é muito importante saber dividir. Quando você se mostra aberto ao diálogo, ao compartilhamento e à colaboração, consegue engajar outros para apoiarem sua ideia.

O especialista André Galassi ainda complementa:

— Vivemos em um momento de instabilidades econômicas e mudanças rápidas. Neste cenário, inovação é fundamental. Inovar é cuidar para que as organizações permaneçam competitivas, os negócios permaneçam vivos e o planeta mais sustentável.

Você também poderá gostar...