Parcerias favorecem a inovação

ALDO DELLA ROSA PALESTRANTE INOVAÇÃO INNOVATION CANOAS PORTO ALEGRE SÃO PAULO BRAVENCE FIERGS FIESP FIRJAN CNI 20

Parcerias entre empresas favorecem o desenvolvimento da cultura de inovação. A afirmação é dos especialistas que participaram do debate de encerramento do 5º Congresso Brasileiro de Inovação da Indústria. Encerramento do 5º Congresso Brasileiro de Inovação. A inserção competitiva de micros e pequenos empreendimentos nas cadeias de valor das grandes empresas é essencial para a competitividade do país e das próprias empresas, de acordo com empresários e especialistas que participaram do encerramento do 5º Congresso Brasileiro de Inovação.

O evento foi realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) nesta terça-feira (3), em São Paulo (SP).  “A integração das micro e pequenas na cadeia de suprimento das empresas de maior porte é muito importante. Uma cresce com a outra”, apontou Adriana Machado, diretora da GE no Brasil. Segundo ela, como a tecnologia é muito volátil, está em constante e rápida evolução. A colaboração e a parceria são muito importantes. “A gente tem de criar uma cultura de comunicação, de integração.

Um ambiente que favoreça a gestão da inovação”, salientou. Para ela, empresas de qualquer tamanho podem inovar. O diretor-técnico do Sebrae, Carlos Alberto dos Santos, ressaltou que inovação não é, necessariamente, fazer grandes investimentos em tecnologia, mas melhorar os processos produtivos da empresa e a gestão dos negócios. “Não se pode ter empresas de classe mundial se o entorno da cadeia produtiva, que é formada por pequenas empresas, não acompanha as inovações”, explicou. “Inovação é fazer diferente para fazer melhor”, completou.

O diretor do Grupo Gerdau, Francisco Doppermann Fortes, contou que o crescimento do grupo, hoje a maior empresa de aço do mundo, em muito se deve à qualificação dos fornecedores e à capacidade de inovação das empresas da cadeia de valor da siderúrgica. “Temos de dar o exemplo dentro de casa e levar isso para os fornecedores. Assim se prospera com inovação”, disse.

<>

Partnerships between companies favor the development of a culture of innovation. The statement is the experts who participated in the closing debate of the 5th Brazilian Congress of Innovation Industry. Closing of the 5th Brazilian Congress of Innovation . The competitive insertion of micro and small enterprises in value chains of large companies is essential for the competitiveness of the country and the companies themselves , according to entrepreneurs and experts who participated in the closing of the 5th Brazilian Congress of Innovation .

The event was organized by the National Confederation of Industry ( CNI ) and the Brazilian Support Service for Micro and Small Enterprises ( Sebrae ) Tuesday ( 3 ) , São Paulo ( SP ) . ” The integration of micro and small companies in the supply chain of larger companies is very important . One grows with the other, ” pointed Adriana Machado , director of GE in Brazil . According to her , as the technology is very volatile , is constantly and rapidly evolving.

Collaboration and partnership are very important . “We must create a culture of communication, integration . An environment that fosters innovation management ” , he stressed. For her , any size business can innovate . The technical director of Sebrae , Carlos Alberto dos Santos , said that innovation is not necessarily making huge investments in technology , but improve the production processes of the company and its business management . ” You can not have world-class companies around the production chain , which is formed by small businesses , does not follow innovations ,” he explained .

” Innovation is doing differently to make it better ,” he added . The director of the Gerdau Group , Doppermann Francisco Fortes , said the group’s growth , now the largest steel company in the world , is greatly due to the qualification of suppliers and the ability of firms value chain of steel . ” We have to lead by example at home and take it to the vendors . Thus thrives on innovation , “he said.

ALDO DELLA ROSA | inova@aldodellarosa.com | www.aldodellarosa.com

Você também poderá gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.